Rally Dakar | Após 4 Etapas, Brasileiros Sobem Para 4ª Posição na Categoria T3

“Cada dia que passa, o rali vai ficando mais difícil. Hoje, novas dunas entraram no roteiro, com subidas e descidas bastante íngremes (a areia era mais fofa em comparação aos dias passados) e uma série de fesh-fesh (tipo talco). Também aceleramos a beira mar, com uma paisagem incrível do Oceano Pacífico. E para variar os obstáculos, houve estradas estreitas, muitas pedras e poeira”, descreveu o piloto Bruno Sperancini. Depois de largar da cidade de Nasca, o Rally Dakar seguiu na terça-feira (08/01) rumo à cidade de Arequipa, PER, subindo 2.300 metros de altitude. Foram 717 quilômetros, sendo 289 de trecho cronometrado. Largaram na prova desta terça-feira, 165 motos, 33 quadriciclos, 136 carros e 74 caminhões. “Foi uma especial que exigiu cautela e estratégia. Tivemos que saber onde segurar o ritmo de disputa e onde arriscar um pouco mais. Houve alguns acidentes, a exemplo do famoso piloto Robby Gordon que capotou seu Hummer. Terminamos esta prova bem esgotados, mas extremamente felizes pelo nosso rendimento”, comentou Vargas. A dupla da Prominas Racing (Veja Foto da Duple em Ação, mais Abaixo), representante da Polaris Brasil, pilota um UTV RZR XP 900, e fechou o dia na 2ª classificação da categoria T3. No resultado acumulado, Sperancini e Vargas subiram uma posição, ocupando agora, o 4º lugar na marca de 19h51min10. “Sensacional. Mas a receita é controlar o entusiasmo, pois ainda tem muito rali pela frente. Dos 8.574 quilômetros totais, percorremos apenas 1.650… Temos que manter o foco, a concentração e o equilíbrio para chegarmos com um bom resultado à Santiago, no Chile”, salientou o piloto. Quarta-feira, quinto dia de Rally Dakar! A 5ª etapa entra no Chile, com pouso ao extremo norte do País, no município de Arica. Serão 337 quilômetros de deslocamentos, com mais 172 de cronometro aberto. As dunas deixam de ser as protagonistas da competição, e dividirão a cena com travessias de rios e pedras. Surgirão as primeiras montanhas. FOTOS: Eric Schroeder e José Mário Dias para Agência Liberdade de Ideias


Classificação – categoria T3 (exclusiva para os UTVs)
Na etapa (4ª Entre Nasca e Arequipa no Peru
1º Willian Alcaraz (França), 06h06min13s
2º Bruno Sperancini e Thiago Vargas (Brasil), 06h18min14s
3º Reinaldo Varela (Brasil), 06h27min02s
4º Nicolas Duclos e Sebastien Delaunay (França), 06h29min28s
5º Francisco Lopes Balart e Sebastian Scholz (Chile/Argentina), 07h01min05s
Classificação Geral – até a 4ª etapa
1º Willian Alcaraz (França), 15h20min52s
2º Francisco Lopes Balart e Sebastian Scholz (Chile/Argentina), 17h37min39s
3º Nicolas Duclos e Sebastien Delaunay (França), 18h03min36s
4º Bruno Sperancini e Thiago Vargas (Brasil), 19h51min10s
5º Reinaldo Varela (Brasil), 21h56min42s

Brasileiros na 4ª Etapa | Nasca/Arequipa-PER | 08.JAN.2013
Both comments and pings are currently closed.

Comments Closed

Comments are closed.