Stock Car | Átila Abreu Faz Corrida Cautelosa e Termina em 13º Lugar em Londrina

Após um belo começo de prova, o sorocabano Átila Abreu, piloto da equipe Mobil Super Pioneer Racing, perdeu rendimento e cruzou a linha de chegada em 13º na quinta etapa da Stock Car, disputada hoje em Londrina. A partir da sexta das 35 voltas o carro #51 começou a apresentar problemas de aderência, obrigando o piloto a adotar uma condução bem mais cautelosa. Nonô Figueiredo, o outro piloto da escuderia, teve trajetória oposta na pista paranaense, escalando o pelotão. O carro #11 largou em 19º e foi o que mais conquistou posições no travado circuito paranaense entre os que marcaram pontos, para receber a bandeira quadriculada em 11º. Na largada, Átila conservou a sétima posição e não demorou para se aproximar do carro #18. Logo na segunda volta, o piloto sorocabano já atacava Allam Khodair. “Àquela altura, as coisas iam bem. O carro parecia muito competitivo no começo, do jeito que eu esperava”, disse o piloto. “Só que a partir do momento que passei o Khodair e pulei para sexto, o carro passou a perder muito rendimento na parte traseira, não conseguia contornar as curvas do jeito que eu queria. No final, depois da corrida a gente viu que o pneu estava totalmente deformado, com bolhas e a gente não sabe o que pode ter sido. Agora vamos precisar fazer uma avaliação mais detalhada. Mas visivelmente foi esse o problema.” Átila então passou a pilotar com vistas à classificação. “Do meio para o final, quando começamos a ficar bem mais lentos tentei administrar pensando em somar alguns pontos para nossa posição no campeonato, porque um final de semana ruim pode comprometer. Aí consegui chegar em 13º.” Deu resultado. Apesar de ter ficado “muito aquém da expectativa, que era um lugar entre os cinco”, Átila perdeu apenas uma posição no campeonato. Ele agora é quinto colocado, com 60 pontos (Confira a Classificação Completa Abaixo).


Vitória de Cacá Bueno, Acende Sinal de Alerta
A quinta vitória de uma das equipes de Andreas Mattheis em cinco provas no ano, serviu para o piloto do carro #51 acender o sinal de alerta. “O Cacá Bueno e sua equipe estão muito bem. Ganharam cinco corridas com o Andreas Mattheis, quatro de Red Bull. Então temos que buscar isso para começar a reverter o jogo, ou começa a ficar muito difícil. Precisamos aprender com esse erro para que não se repita nas próximas e a gente consiga virar o jogo”, acrescentou Átila, lembrando que essa circunstância de bolhas nos pneus não havia se apresentado em nenhum outro momento no final de semana. Já Nonô Figueiredo preferiu valorizar sua bela prova de recuperação na pista paranaense. “Largar em 19º em Londrina, que tem um circuito travado, é um desafio. Mesmo com poucos “Push to Pass”, oito ultrapassagens. Em momento nenhum fui ultrapassado. Isso reafirma o potencial do nosso carro, esta etapa valeu muito aprendizado. Estou somando pontos em todas as etapas”, declarou o competidor do carro #11, agora oitavo colocado no campeonato com 54 pontos. A sexta etapa da principal categoria do automobilismo brasileiro está marcada para o dia 15 de julho, no Rio de Janeiro.


Classificação da Stock Car Após a 5ª Etapa:
1º – Daniel Serra – 87
2º – Cacá Bueno – 86
3º – Ricardo Maurício – 75
4º – Valdeno Brito – 65
5º – Átila Abreu – 60
6º – Julio Campos – 57
7º – Marcos Gomes – 56
8º – Luciano Burti – 54
Nonô Figueiredo – 54
10º – Thiago Camilo – 52
11º – Max Wilson – 51
12º – Denis Navarro – 37
13º – Lico Kaesemodel – 36
14º – Diego Nunes – 34
15º – David Muffato – 32
16º – Galid Osman – 27
17º – Ricardo Zonta – 26
18º – Antonio Pizzonia – 25
19º – Rodrigo Sperafico – 22
20º – Allam Khodair – 20
Xandinho Negrão – 20
22º – Ricardo Sperafico – 16
23º – Vitor Meira – 13
24º – Felipe Maluhy – 9
Alceu Feldmann – 9
Eduardo Leite – 9
27º – Pedro Boesel – 7
Giuliano Losacco – 7
29º – Popó Bueno – 7
30º – Duda Pamplona – 6
31º – Tuka Rocha – 5
FOTOS: Luca Bassani/RF1

Átila Abreu nos Boxes | Londrina-PR | 01.JUL.2012
Both comments and pings are currently closed.

Comments Closed

Comments are closed.