Stock Car | Pela Quarta Vez Seguida Átila Abreu Está na 1ª Fila do Grid de Largada

O piloto sorocabano Átila Abreu vai largar na primeira fila pela quarta vez consecutiva na Stock Car. Terceiro colocado no campeonato, o piloto da Mobil Super Pioneer Racing ficou a meros 23 milésimos da marca da pole position. O dono do carro #51, que vem de um segundo lugar e uma vitória de ponta a ponta nas últimas duas provas da principal categoria do automobilismo brasileiro, acredita que atravessa a melhor fase de sua carreira na Stock Car. “23 milésimos é menos que um piscar de olhos e perder a pole por uma margem dessa é complicado. Mas tem que parabenizar o Thiago Camilo, que fez um bom trabalho e mereceu também. O que me deixa mais contente é a consistência do nosso carro. No Q2 fiz três voltas com tempos muito similares e isso mostra nosso potencial para a corrida. Acima de tudo porém, tenho que ressaltar a quarta corrida consecutiva largando na primeira fila, o que mostra grande evolução”, avaliou o piloto sorocabano. Ele destacou ainda o potencial efeito da tomada de tempo na classificação da Copa Caixa. “A tomada foi bem favorável, pensando do ponto de vista do campeonato. A prova pode nos permitir descontar mais ainda a diferença para a os líderes ou abrir vantagem para quem vem mais perto de mim na classificação”, apontou Átila. Ele lembra que tem a melhor posição no grid, entre os cinco primeiros do campeonato: o líder Cacá Bueno larga em 11º em Brasília, o vice-líder Daniel Serra em 17º, Ricardo Maurício (quarto colocado) parte em sexto e Valdeno Brito (quinto) apenas em 19º. “Na corrida a gente não sabe bem o que esperar, se é seco ou molhado. Temos que trabalhar bastante para não perder essa oportunidade que a tomada nos propiciou”, alertou o piloto. Ele tem dito que sua meta nesta arrancada final na temporada 2012 é chegar à Corrida do Milhão com no máximo 10 pontos de déficit para a ponta da tabela, e assim se credenciar como um dos favoritos ao título em Interlagos na etapa final, que tem pontuação dobrada. “É claro que qualquer diferença menor que esta será muito benvinda e isso pode acontecer a depender da corrida de amanhã. Mas meu foco é pensar em fazer o meu trabalho direito, pois isso é o que posso controlar. O que os adversários vão fazer foge do meu controle.” Indagado se considera atravessar a melhor fase de sua carreira na Stock, o competidor da Mobil Super Pioneer Racing afirmou acreditar que sim. E mais uma vez louvou o poder de reação da escuderia na segunda metade da temporada. “Não acho que foi meu melhor início de campeonato. Foi bom apenas. O meio do ano deixou um pouco a desejar, com acidente no Velopark, quebra no Rio e Londrina também não fui muito bem. Depois conseguimos ir alinhando, tomar outro rumo e largar quatro vezes seguidas na primeira fila numa categoria competitiva como a Stock realmente é muito difícil. A equipe mostra uma boa consistência e isso que é importante para ser campeão.” FOTOS: Luca Bassani/RF1


Os 10 primeiros do Grid de Largada em Brasília, 11ª Etapa da Temporada
1 – Thiago Camilo – Chevrolet – RCM Motorsport – 59s172
2 – Átila Abreu – Chevrolet – Mobil Super Pioneer Racing – 59s195
3 – Max Wilson – Chevrolet – Eurofarma RC – 59s244
4 – Rodrigo Sperafico – Peugeot – Prati-Donaduzzi Racing – 59s303
5 – Giuliano Losacco – Peugeot – Shell Racing – 59s323
6 – Ricardo Mauricio – Chevrolet – Eurofarma RC – 59s348
7 – Denis Navarro – Chevrolet – Vogel Motorsport – 59s365
8 – Rubens Barrichello – Peugeot – Medley Full Time – 59s502
9 – Diego Nunes – Chevrolet – Hot Car Competições – 59s673
10 – David Muffato – Peugeot – Itaipava Racing Team – 59s818

Átila Abreu no Autódromo Nelson Piquet | Brasília-DF | 10.NOV.2012
Both comments and pings are currently closed.

Comments Closed

Comments are closed.